Economia

Ministério da Fazenda defende manutenção do teto de gastos

Em vigor desde 2017, o teto de gastos, que corrige as despesas federais pela inflação por 20 anos, é factível e sustentável, desde que sejam feitas as reformas fiscais necessárias para reequilibrar as contas públicas, a conclusão é de relatório divulgado hoje (7) pelo Ministério da Fazenda, que recomendou a manutenção do limite de despesas ao próximo governo

Continuar lendo »

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Seus dados são mantidos sob nosso sigilo, não os compartilhamos com nenhum terceiro. Leia nossa política de privacidade.

ACOMPANHE NO FACEBOOK